Marina questiona antecipação da campanha eleitoral

A pré-candidata do PV à Presidência, Marina Silva, disse ontem em Campinas que o seu partido tem tomado todo o cuidado para cumprir a legislação eleitoral e criticou indiretamente os adversários, José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), que, segundo ela, já estariam em plena campanha eleitoral. "Por outro lado, não tem como ficar em casa esperando a data chegar para depois sair às ruas anunciando que é candidata", ponderou. Questionada sobre o comentário do pré-candidato tucano sobre a suposta cumplicidade da Bolívia com o tráfico de cocaína na fronteira com o Brasil, Marina sugeriu ponderação. "Temos de ter muito cuidado em relação a comentários sobre os países vizinhos. É preciso não generalizar quando se trata do tema narcotráfico", disse.

ROSE MARY DE SOUZA, ESPECIAL PARA O ESTADO, CAMPINAS, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.