Marinha abrirá inquérito para apurar roubo de armamento no Rio

A Marinha brasileira decidiu abrir inquérito policial militar para apurar o roubo de armamento em suas instalações no Rio. Na madrugada de domingo, um grupo de quatro homens "fortemente armados e trajando uniformes camuflados", segundo nota do Comando do 1º Distrito Naval, invadiu o Posto de Transmissão da Estação de Rádio da Marinha, na Rodovia Washington Luís, e levou seis fuzis e duas pistolas.Conforme a nota oficial da Marinha, os assaltantes renderam o sentinela da estação, localizada na Baixada Fluminense, entraram na unidade de transmissão e imobilizaram os demais soldados. O Comando do 1º Distrito Naval informou que não houve vítimas. O crime ocorreu por volta das 05h30.

Agencia Estado,

25 de agosto de 2002 | 15h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.