Marinha continua as buscas a náufrago argentino

Alberto Canessa, de 62 anos, foi avistado a cerca de 90 km da costa na quarta-feira e está no mar há 4 dias

Solange Spigliatti, da Central de Informações,

02 Julho 2009 | 10h02

A Marinha do Brasil informou nesta quinta-feira, 2, que continua as buscas a um argentino que naufragou na costa do Rio Grande do Sul, no sul do país, há pelo menos quatro dias.

 

Segundo informações da Marinha, ele foi avistado no mar sobre um bote salva-vidas na tarde de segunda-feira, 29, a aproximadamente 90 quilômetros da costa.

 

Na quarta-feira, o Comando do 5º Distrito Naval recebeu o contato da família com informações mais precisas sobre Alberto Canessa, de 62 anos, de nacionalidade argentina.

 

Segundo Sebastian Canessa, que se identificou como filho do desaparecido, o pai estava a bordo do veleiro Maja registrado no Iate Clube de Puerto Madero, em Buenos Aires. A marinha não divulgou o dia que Canessa teria partido da Argentina.

 

Permanecem na busca a corveta "Imperial Marinheiro", o navio patrulha "Babitonga" e duas aeronaves da Aeronáutica. A Marinha segue emitindo alerta para todas as embarcações que se encontram na área e a Rio Rádio continua divulgando a informação de homem ao mar pelo canal 16 VHF.

Mais conteúdo sobre:
náufrago Marinha buscas Rio Grande do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.