Forças Armadas/Divulgação
Forças Armadas/Divulgação

Marinha e PF apreendem veleiro carregado de cocaína no litoral de Recife

Operação inédita no Brasil contou com cooperação internacional; veleiro catamarã que teria partido do Brasil com destino a Europa

André Borges, O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2021 | 18h48

BRASÍLIA – Um veleiro carregado de cocaína foi interceptado neste domingo, 14, por uma ação conjunta da Marinha e da Polícia Federal. A interceptação ocorreu a cerca de 270 quilômetros da costa de Recife (PE).

Por meio de nota, o Ministério da Defesa afirmou que se trata de uma operação inédita, por envolver coordenação internacional, com apoio do Centro de Análise e Operações Marítimas - Narcótico (MAOC-N), sediado em Lisboa/Portugal, a Drug Enforcement Administration (DEA/EUA) e a National Crime Agency (NCA/Reino Unido).

O cruzamento de informações, afirma a Defesa, permitiu “a identificação de grande quantidade de entorpecente em um veleiro catamarã que teria partido do Brasil com destino a Europa”. O ministério foi questionado pela reportagem sobre a quantidade de cocaína apreendida. Segundo a pasta, a contagem da droga apreendida cabe à PF e será realizada após a chegada da embarcação.

Cinco tripulantes brasileiros foram presos e conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal no Estado de Pernambuco. “Trata-se de operação de cooperação internacional, inédita na história do Brasil, com a utilização pela Marinha do Brasil de um Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) para ação conjunta com a Polícia Federal na interceptação de embarcações utilizadas para o narcotráfico”, informou a Defesa.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.