Divulgação/FAB
Divulgação/FAB

Marinha resgata mais três corpos do voo 447 da Air France

Corpos resgatados na área de Dacar, no Senegal, estão a bordo da Fragata Constituição, da Marinha do Brasil

Equipe AE,

11 de junho de 2009 | 19h16

O Comando da Marinha e o Comando da Aeronáutica informaram nesta quinta-feira, 11, que mais três corpos foram resgatados nas últimas horas nas operações de buscas de possíveis vítimas e destroços do voo 447 da Air France. Portanto, o total de corpos encontrados até agora chega a 44. Esses três últimos corpos, resgatados na área de Dacar, no Senegal, estão a bordo da Fragata Constituição, da Marinha do Brasil.

 

Veja também:

lista Todas as notícias sobre o Voo 447

videoSubmarino francês no resgate à caixa-preta

video Vídeo: Operação de resgate

especialEspecial: Os desaparecidos do voo 447

especial Especial: Passo a passo do voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas do Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas da FAB pelo Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: homenagem às vítimas

blog Blog: histórias de quem quase embarcou

especialCronologia das tragédias da aviação brasileira

especialCronologia dos piores acidentes aéreos do mundo

 

Na manhã desta quinta-feira, 11, foi concluída a transferência dos 25 corpos que estavam na Fragata Bosísio, para Fernando de Noronha, onde passam por perícias preliminares. Os corpos serão transportados para Recife em duas etapas, conforme o andamento dos trabalhos periciais. A primeira etapa deverá ser concluída na manhã deste sábado, 13 de junho.

 

Na oportunidade da transferência dos corpos, o helicóptero H-60 Blackhawk, da Força Aérea Brasileira, transportou 15 militares do Destacamento Aéreo Embarcado (DAE), da Marinha do Brasil, para a Fragata Bosísio, que passará a operar com um Helicóptero AH-11A Lynx, na área de buscas.

 

Por solicitação da Marinha Francesa, o Blackhawk também levou dois psicólogos franceses para a Fragata Bosísio, a fim de que sejam transportados para a Fragata Ventose.

 

O efetivo atual da Marinha na operação chega a 585 militares. A FAB permanece com 255. Os meios empregados, assim como a conduta adotada para as Operações de Busca, permanecem sem alteração em relação às informações prestadas anteriormente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.