Maroni é preso de novo, por ''coação''

O empresário Oscar Maroni, dono da boate Bahamas, foi detido novamente ontem, após ser autuado em flagrante "por coação no curso do processo", segundo a Secretaria da Segurança Pública. Ele teria ameaçado uma ex-companheira em um processo no Ministério Público. Ele havia sido preso em 30 de junho e solto no último dia 7.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.