Marquise cai e leva 15 sacadas

Moradores de prédio de alto padrão levam susto no PR

Evandro Fadel, O Estadao de S.Paulo

28 Outubro 2008 | 00h00

Os moradores de um edifício de alto padrão, no centro de Maringá, a 430 km de Curitiba, tiveram um susto ontem, quando parte da marquise da cobertura do 15º andar desabou de madrugada e destruiu todas as sacadas numa das alas. O entulho bateu no teto da garagem, que também foi parcialmente destruída. Ninguém ficou ferido e nenhum carro foi atingido. Cada um dos 15 andares tem dois apartamentos de 200 m². Localizado na confluência das Ruas Visconde de Nassau e Campos Sales, o Dom Gerônimo tem 12 anos e, de acordo com os moradores, nunca apresentou problemas. Os bombeiros que fizeram a vistoria comprovaram visualmente a solidez da estrutura e permitiram que os moradores voltassem aos apartamentos, proibindo apenas o acesso às sacadas. O diretor de Operações da Defesa Civil e secretário municipal de Serviços Públicos, Vagner Mussio, disse que a primeira estrutura a cair foi a marquise, que serve de cobertura para a varanda do último andar. Como estava chovendo, é provável que não tenha suportado o peso da água. Segundo Mussio, parece ter havido infiltração de água e corrosão das ferragens. A primeira providência dos técnicos será confrontar o resultado da perícia com o projeto estrutural. Se houver divergência, a Defesa Civil deverá determinar a demolição de todas as sacadas. No caso de a estrutura encontrada conferir com o que está no projeto, a hipótese de infiltração ganha mais força. Nesse caso, a orientação será para que seja contratado um engenheiro e se faça uma revisão geral. Normalmente, o laudo técnico fica pronto em 30 dias. Mussio disse que ainda não tinha conhecimento sobre a construtora do edifício. "O prédio tem seguro e deve ser acionado", destacou. Ele assegurou que a vistoria feita pelo Corpo de Bombeiros e por engenheiros não encontrou rachadura ou abalo em nenhuma das vigas de sustentação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.