Marta: combate a enchentes leva tempo

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), disse nesta segunda-feira que todos os projetos de combate às enchentes da capital são de longo prazo. "Podia até ser Deus o prefeito da cidade, que Ele também não conseguiria resolver tudo rápido", defende-se. Ela aproveitou também para cobrar atitude da gestão do governador Geraldo Alckmin (PSDB). "O governo estadual tem de arrumar o Tietê", exige Marta. Segundo ela, a Prefeitura já está trabalhando em projetos de piscinões e em planos para refazer alguns canais. "Mas temos de ir devagar, porque estamos sem um tostão em caixa".A prefeita disse ainda que promoverá um censo para saber onde exatamente trabalham os 100 mil servidores municipais. "Esta Prefeitura está uma tal bagunça, que eu nem sei onde trabalham os servidores. Vou fazer um censo na ponta do lápis e tentar informatizar o trabalho, porque tem até secretário que nem tem computador. É a idade da pedra", protestou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.