Marta define acordo com Sebrae para programas sociais

A prefeita Marta Suplicy (PT) e o diretor-superintendente do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP) , Fernando Leça, definiram uma "agenda de trabalho" para a integração entre os programas sociais de Marta e o Fórum de Desenvolvimento da zona leste, programa do Sebrae na região com o maior índice de desemprego da cidade.Segundo o coordenador de projetos sociais de Marta, Márcio Pochmann, o encontro significou um compromisso entre a Prefeitura e o Sebrae. Na prática, a parceria significa que o Município, com poucas verbas para programas como o Começar de Novo (requalificação profissional para maiores de 40 aos) e o Bolsa Trabalho (para ingresso de jovens no mercado), poderá agregá-los à estrutura já iniciada pelo Sebrae.A meta principal da Prefeitura é obter verbas para o projeto Banco do Povo (microempréstimos para população de baixa renda). A reunião desta segunda-feira significou uma aproximação com a gestão Mário Covas (PSDB), que tem projeto idêntico. Leça, ex-secretário da Casa Civil do governo Covas, já tem acordo com o secretário do Emprego e Relações do Trabalho para a inauguração de um Banco do Povo na zona leste, com 3,5 milhões de habitantes e 400 mil desempregados.O projeto estadual prevê 90% dos recursos do Estado e 10% dos municípios. Pochmann já se reuniu com o secretário do Emprego, Walter Barelli, mas a ação conjunta depende de reunião entre Marta e Covas (ou Alckmin).

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2001 | 18h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.