Marta discute projetos sociais com grandes empresas

As grandes empresas localizadas na cidade de São Paulo podem passar a colaborar com os programas sociais da Prefeitura. Nesta quarta-feira, a prefeita Marta Suplicy (PT) reuniu-se com 12 empresários para discutir a transferência de parte do dinheiro que é pago pelas empresas no Imposto de Renda para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Funcad).A parceria foi discutida durante almoço realizado no Palácio das Indústrias. Pela lei municipal 11.247, toda pessoa jurídica pode doar 1% do que pagaria ao Imposto de Renda para o Funcad. No caso das pessoas físicas, a doação pode ser de até 6%."A vontade do empresariado paulista de ajudar é tão grande quanto a das pessoas de classe média e da população da periferia", disse Marta, após o almoço. Segundo ela, ficou acertada uma agenda mensal para discussão dos problemas da cidade e extensão das parcerias para outras áreas da admnistração."Foram discutidas várias coisas, mas tudo de uma forma ainda embrionária", disse Marta. Durante o encontro, ficou acertado que mensalmente a prefeita irá reunir-se com empresários, sendo que a próxima será realizada em um mês.De acordo com a prefeita, o dinheiro que deve ser doado pelas empresas deve ajudar a suprir a carência de cerca de 200 mil vagas nas creches da cidade. Ela ainda não sabe quanto pode ser arrecadado com o acordo. "Vamos esperar o dinheiro chegar ao cofre para ver."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.