Marta diz que corte na Prefeitura vai continuar

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), disse hoje que o corte de funcionários na prefeitura vai continuar. Ela não informou a dimensão da redução do quadro dos servidores municipais, mas disse que a medida é necessária.Ontem, o secretário das finanças, João Sayad, afirmou que as primeiras demissões na prefeitura vão gerar uma economia de R$ 70 milhões aos cofres públicos. A Prefeitura não informou quantos funcionários já foram dispensados, mas a maior parte das demissões ocorreu no Anhembi e na Prodam (Companhia de Processamento de Dados do Município)."Bastou uma limpadinha no Anhembi para economizarmos mais de R$ 70 milhões. Isso é o começo de uma administração que quer moralizar e que vai fazer isso", afirmou a prefeita, em visita à administração regional de Perus, na zona oeste da capital paulista. "O corte que foi feito foi o mais óbvio. Mas aos poucos vamos percebendo mais fantasmas que serão demitidos, disse Marta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.