Marta inaugura Projeto Quadrilátero da Sé

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT) participou, neste sábado, da inauguração da primeira etapa do Projeto Quadrilátero da Sé. " Esta é uma idéia que estava adormecida na gaveta há dois anos e que representa um exemplo da cidade que queremos", disse a prefeita. O projeto, uma parceria da Prefeitura Municipal com a Caixa Econômica Federal, tem como objetivo restaurar todos os prédios pertecentes à CEF no quadrilátero compreendido entre a Praça da Sé e as ruas Wenceslau Brás, Roberto Simonsen e Floriano Peixoto, na região central, marco histórico da fundação da cidade.De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso, o quadrilátero contará com teatros, cinemas, auditórios e salões para exposições de arte. Também incluirá um segmento residencial, dentro do programa de arrendamento habitacional da Caixa e da intenção de se revitalizar o centro da capital paulista. O local vai abrigar, ainda, a sede administrativa da Caixa, o que de acordo com Mattoso representará uma economia de aluguéis de prédios e equipamentos da ordem de R$ 800 mil ao mês. "Como o projeto todo está avaliado em cerca de R$ 20 milhões, essa economia representará sua amortização total em menos de três anos", ressaltou.Hoje foi entregue a primeira etapa do quadrilátero, compreendendo a restauração das fachadas do imóvel da rua Roberto Simonsen, que será utilizado como novo Conjunto Cultural da Caixa. Este conjunto, com área de cerca de 4 mil metros quadrados, deve ficar pronto até o final do próximo ano. A conclusão de todo o projeto de revitalização da área está prevista para daqui a três anos. Questionada sobre a atual degradação do centro de São Paulo, que ainda conta com um grande número de prédios abandonados e dos chamados sem-teto, a prefeita Marta Suplicy afirmou que não vê essa decadência na região. "Não vejo degradação nenhuma, vejo a cidade recuperada, a Catedral lindíssima, a luz forte, a organização dos ambulantes. É isso que eu vejo", exagerou a prefeita. Antes de participar da inauguração da primeira etapa do quadrilátero, Marta foi homenageada por motoboys por conta da regularização do moto-frete. De acordo com a assessoria da Prefeitura, cerca de 450 motoqueiros participariam da homenagem. Foram pouco menos de 50.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.