Marta pode suspender subsídio ao transporte

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy,confirmou nesta sexta-feira ao Estado que suspenderá os subsídios às empresas de transportes coletivos da capital paulista.?A populaçãonão tem como pagar esse subsídio. Vamos negociar com as empresas em outras bases?, disse a prefeita, que participou em PortoAlegre do ato de filiação da senadora Emília Fernandes ao PT.De acordo com a prefeita, foi liberada nesta sexta a última parcela desubsídio, no valor de 12 milhões, para as empresas do ramo.Com esse valor, segundo Marta, excedeu-se em quase R$ 10 milhões a verbaprevista no orçamento para os subsídios.?O Pitta deu R$ 230 milhões em subsídios e deixou para este ano apenas R$ 30 milhões."A prefeita disse que apenas na próxima semana, a partir da data-base dos motoristas, vai negociar o valor da passagem com osempresários.Segundo Marta, as reformas que a Prefeitura fez nos corredores deverão ter algumas contra-partidas das empresas, como arenovação da frota.É com base nesses pontos que havera a negociação de valores da passagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.