Marta quer desapropriar para construir piscinões

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), pediu nesta terça-feira que o governo do Estado colabore com a prefeitura na desapropriação de terrenos para a construção de piscinões no município. O apelo foi feito durante visita à região de São Miguel Paulista, na zona leste da cidade."A desapropriação de terrenos na região do Pirajussara, que é a principal, é muito cara. Custa cerca de R$ 35 milhões, enquanto a construção do piscinão sai R$ 15 milhões. Desta forma, seria importante se o governo do Estado ajudassse na desapropriação", disse Marta. Na semana passada, o governador em exercício, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou a liberação de R$ 180 milhões para a cidade, sendo que R$ 40 milhões seriam destinados à construção de piscinões.A prefeita disse que a administração não tem como bancar a desapropriação das áreas para a construção dos piscinões. "Por enquanto já arrumamos dois terrenos na Mooca (zona leste)", afirmou Marta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.