Marta quer tarifa de ônibus a R$ 1,25 em SP

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), disse esta manhã que vai negociar com os empresários de ônibus da cidade para que o valor da tarifa não passe de R$ 1,25. Ontem, Marta anunciou o reajuste da passagem, que atualmente é de R$ 1,15. Ainda não está definido o valor da nova tarifa nem quando ela entrará em vigor. A decisão de aumentar a tarifa na cidade foi tomada por Marta depois que o estudo encomendado pela Prefeitura à Fipe revelou que o valor atual da passagem no município não era suficiente para cobrir os custos do sistema, que tem perdido passageiros nos últimos anos por conta do transporte alternativo. Pelo estudo da Fipe, o preço da tarifa deveria ficar entre R$ 1,26 e R$ 1,32. Para os empresários do setor, a tarifa ideal na cidade é de R$ 1,56."Eu gostaria que não fosse mais do que R$ 1,25. Eu acho que com R$ 1,25 dá muito em para fazer o que tem de ser feito. Se os donos de ônibus reclamarem, dizendo que têm dificuldade de investir com esse valor, eu vou lembrá-los que eles ganharam muito dinheiro em oito anos e compraram muitas propriedades fora de São Paulo", disse Marta.Marta afirmou que vai "exigir" que os empresários renovem suas frotas. "Queremos mil ônibus novinhos e bons nas ruas", disse ela. A prefeita disse ainda que vai assinar um protocolo para que as exigências sejam cumpridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.