Marta reclama da demora do Senado em aprovar empréstimo

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, criticou hoje o Senado pela demora na aprovação de um empréstimo de US$ 100 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento para a cidade. ?O Senado está enrolando para aprovar, e olha que nós já demos a nossa contrapartida?, afirmou durante seminário sobre tendências do turismo para 2004, em São Paulo. ?Esperamos que os recursos sejam aprovados ainda esta semana.? Os recursos são destinados ao programa de revitalização do centro.Para a prefeita, o grande desafio para São Paulo em termos de turismo é aumentar a ocupação média dos hotéis. ?Temos 50 mil vagas em hotel, mas a ocupação média está abaixo do que se precisa?, disse Marta. Para aumentar a taxa de ocupação, a prefeitura quer estimular o turismo de lazer e cultural, convencendo o turista de negócios a permanecer na cidade durante o fim de semana. São Paulo recebe 1,4 milhão de visitantes por mês, sendo que 70% a negócios. São 90 mil eventos por ano. Pelas contas da prefeitura, o turismo de negócios movimenta R$ 5 bilhões ao ano e cresce a uma taxa de 6% a 7% ao ano.Dentre as medidas para incentivar o turismo, a prefeita assinalou o investimento nos Centros de Informação ao Turista (CIT). ?Tínhamos 4 em 2000, hoje já são 11 e há dois por inaugurar. Além disso, temos outros 47 quiosques móveis, instalados em eventos localizados?, disse a prefeita. Cerca de 300 mil pessoas passaram pelos CITs (fixos e móveis) a cada mês no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.