Marta reinaugura escola de Pitta

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), inaugurou hoje uma escola na Zona Norte da cidade que já estava funcionando parcialmente desde fevereiro do ano passado e que oficialmente foi inaugurada no final de 2000 pelo ex-prefeito Celso Pitta (PTN). A escola tem agora duas placas inaugurais - uma de Pitta e outra de Marta -, com poucos metros de distância uma da outra.A escola Municipal de Educação Especial Mário Pereira Bicudo é um dos seis colégios municipais que atendem a alunos surdos-mudos. A diretora, Maria Cristina Cons Andrades, afirmou que na gestão do ex-prefeito Celso Pitta a escola funcionava "precariamente". "No ano passado atendíamos a apenas 50 alunos e tínhamos somente quatro professores. Este ano o número de alunos já chega a cem e o quadro de professores saltou para dez", disse ela.Segundo a diretora, a escola tem capacidade para atender a 300 alunos, número que deverá ser alcançado no final de 2002. "A estrutura física da escola era a mesma, mas o atendimento aos alunos e o número de funcionários aumentou", explicou ela.Sobre o fato de a escola de educação especial da Zona Norte ter sido construída por Pitta, Marta limitou-se a dizer: "Que bom que ele fez alguma coisa de positivo." O vice-prefeito, Hélio Bicudo, presente à inauguração do colégio que leva o nome de seu irmão, disse acreditar que apenas na gestão petista é que a escola foi inaugurada para funcionar. "Eu não acredito que antes (na gestão de Pitta) ela tenha sido inaugurada para funcionar", disse Hélio Bicudo.Durante a inauguração, Marta declarou que a educação será a prioridade número um de sua gestão e que a qualidade de ensino em São Paulo vai melhorar. Para ela, a criação de escolas especiais é "um passo rumo ao combate à exclusão".Além das seis escolas de educação especial da prefeitura, o município mantém ainda convênios com outros quatro colégios que atendem a portadores de deficiência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.