Marta tenta amenizar mal-estar com Alckmin

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), tentou colocar "panos quentes" na crise entre ela e o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Ontem, durante coletiva do Fórum Metropolitano de Segurança Pública, Marta e Alckmin trocaram farpas. Hoje, durante seu discurso no seminário O município e a segurança pública, no Memorial da América Latina, a prefeita disse: "Precisamos dizer aos nossos governadores que política de segurança pública não pode se restringir a entrega de viaturas."Durante intervalo do evento, Marta negou que o recado tenha sido para Alckmin. "Parem de tentar inventar futrica aonde não tem", afirmou ela. "Essa foi apenas um pequena frase de um discurso que tinha enorme conteúdo e que não se referia ao governo paulista necessariamente."Marta afirmou que quis deixar claro que apenas a compra de viaturas não é suficiente para controlar a onda de violência. "É bom ter viatura. Ninguém é contra dar viatura, mas não pode ser só isso e eu não me referi ao governo de São Paulo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.