Massa de ar polar ganha força em SP e mínima chega a 7 graus

Quinta-feira será de sol e muito frio na capital paulista, que não deve ter chuva nos próximos dias

Josélia Pegorim, do Climatempo,

26 Julho 2007 | 09h41

A frente fria que trouxe muita chuva para São Paulo vai embora e uma grande massa de ar seco polar ganha força sobre o Estado nesta quinta-feira, 26. O dia amanhece gelado e a mínima prevista é de 7 graus, sendo que a máxima não deve passar dos 15 graus na capital paulista. O sol reaparece em todas as regiões e não chove mais.   O vento sopra com velocidade de fraca a moderada, mas a sensação de frio deve aumentar. Na madrugada desta quinta, a temperatura variou de 6 a 8 graus na capital; no centro da cidade, os termômetros marcavam 10 graus no começo da manhã. Em alguns bairros da zona sul as temperaturas variaram entre 7 e 8 graus.   Na sexta-feira, 27, o sol predomina, mas ainda com muito frio. A mínima prevista para sexta é de 5 graus na capital e a máxima não deve passar dos 18 graus. Na capital, o dia amanhece com nevoeiro, que se dissipa até o meio da manhã. O fim de semana também será gelado, com mínima de 7 graus no sábado e máxima de 13 graus no domingo.   País   Uma forte massa de ar polar avança sobre o Sul do País, São Paulo e Mato Grosso do Sul. A quinta-feira deve ter sol nestas áreas, mas com muito frio. Uma frente fria deixa o tempo chuvoso com queda de temperatura no Rio de Janeiro, na zona da mata de Minas Gerais e no Espírito Santo.   O dia deve ficar nublado com chuviscos na Grande Belo Horizonte e no Vale do Rio Doce. Tempo carregado, com chuva a qualquer hora no litoral e na zona da mata de Alagoas a Paraíba. Muitas nuvens e pancadas de chuva desde cedo no Acre, no sul do Amazonas e no norte de Rondônia.                

Mais conteúdo sobre:
previsão do tempo massa de ar polar frio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.