MetSul Meteorologia/Divulgação
MetSul Meteorologia/Divulgação

Massa de ar polar provoca neve no Rio Grande do Sul; confira imagens

Com frio intenso, crescem as chances de nevar também em Santa Catarina e Paraná

Lucas Rivas, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2020 | 18h47

PORTO ALEGRE - Em função da potente massa de ar polar que ingressou no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, 20, algumas cidades da Serra gaúcha já tiveram os primeiros registros de neve durante a tarde. De forma tímida, os flocos foram avistados em São Francisco de Paula e Riozinho. Já a incidência de “chuva congelada” foi registrada em mais de quinze cidades como Caxias do Sul, Canela, Gramado e Bento Gonçalves, conforme a MetSul Meteorologia.

O frio intenso derrubou as temperaturas em todo Estado. Nesta quinta, em Porto Alegre, a mínima foi de cinco graus e a máxima não passou dos 12 graus. Ao longo da noite, a possibilidade de nevar em toda região Sul do Brasil ganha força, alerta a meteorologista Estael Sias, da MetSul.  

"Nas próximas horas, com a intensificação do frio no Rio Grande do Sul, a neve poderá ser mais intensa e atingir também Santa Catarina e parte do Paraná, na sexta-feira”, indicou. Nas redes sociais, a instituição compartilhou vídeos da neve no RS.

Mesmo classificada com a bandeira laranja (risco médio), no mapa estadual de contágio do novo coronavírus, a região da Serra gaúcha também deve registrar um aumento significativo de turistas neste fim de semana. Apenas na área de Canela, Gramado, São Francisco de Paula e Nova Petrópolis estão concentrados 25 leitos de hotel.

Conforme o presidente do Sindicato da Hotelaria, Restaurantes, Bares, Parques, Museus e Similares da Região das Hortênsias (Sindtur- Serra Gaúcha), Mauro Salles, a previsão é de que este fim de semana seja o segundo maior em ocupação desde início da pandemia.

"Estamos com todos os hotéis relatando uma procura bem acima da normalidade. Com esta possibilidade de neve, acreditamos que teremos a segunda maior ocupação, ficando atrás somente do feriado de Corpus Christi, que coincidiu com o Dia dos Namorados”, disse ao Estadão. “Como estamos operando com apenas 50% da ocupação, a nossa expectativa é muito grande para atingirmos esta ocupação máxima. Estamos todos reforçando os protocolos sanitários em hotéis, restaurantes e pontos turísticos para garantirmos um turismo mais tranquilo e seguro”, emendou.

Conforme a MetSul, esta massa de ar polar é uma das maiores ondas de frio dos últimos anos na América do Sul. Mais uma vez, na sexta-feira, picos de frio serão registrados em todo o RS, com a possibilidade da geada em quase todas as regiões do Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
neveRio Grande do Sul [estado]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.