Matador de crianças é condenado por terceiro crime no RS

O paranaense Adriano da Silva, de 28 anos, foi condenado nesta terça-feira, 14, por mais um dos 12 assassinatos de crianças e adolescentes que confessou quando foi preso, em janeiro de 2004. Os crimes, cometidos em série, sempre contra meninos pobres, revoltou os moradores das cidades de Soledade, Passo Fundo, Sananduva e Lagoa Vermelha, por onde Adriano passou entre 2002 e 2003 se apresentando como biscateiro.Desta vez Adriano respondeu pela morte e ocultação de cadáver de Luciano Rodrigues, de nove anos, e foi condenado pelo juiz Sebastião Marinho a 21 anos, 10 meses e 20 dias de prisão, que se somam aos 50 anos e oito meses que já estava cumprindo pelas mortes de Alessandro Silveira, de 13 anos, e Júnior dos Reis Loureiro, de dez anos.O biscateiro ainda terá pelo menos cinco julgamentos pela frente, todos a serem marcados para 2007. Um deles, pelo assassinato de Leonardo dos Santos, de oito anos, chegou a começar, em outubro, mas foi suspenso porque um jurado passou mal, e também será retomado no ano que vem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.