Matadores do casal de extrativistas teriam fugido

Uma semana depois do assassinato do casal de extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, em Nova Ipixuna, no Pará, a polícia ainda não conseguiu prender os criminosos. As informações mais recentes, que os policiais não confirmam, garantem que os matadores fugiram da região. O crime não teve testemunhas.

, O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2011 | 00h00

Os movimentos sociais ligados à questão agrária, como a Pastoral da Terra, cobram maior empenho das autoridades para prender não só os assassinos do casal como também os mandantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.