Mato Grosso do Sul decreta situação de emergência em Corumbá

Acidente em ponte causou deslocamento da estrutura; ponte é o único acesso a cidade

Priscila Trindade, Central de Notícias

13 de maio de 2011 | 10h59

SÃO PAULO - O governo do Mato Grosso do Sul decretou situação emergência no município de Corumbá em razão de uma colisão de uma embarcação contra um pilar da travessia. A informação foi publicada na edição desta sexta-feira, 13, no Diário Oficial do Estado (DOE).

No dia 8 de maio, por volta das 9h30, um comboio composto de 16 barcaças, totalmente carregadas, colidiu contra o bloco de apoio do pilar limite do canal de navegação da ponte sobre o Rio Paraguai, localizada na BR-262, a 70 km de Corumbá. O acidente provocou o deslocamento de 11 centímetros da estrutura na junta da margem direita, e de 3 centímetros no lado esquerdo.

Em razão do acidente, a rodovia federal, que é o único acesso a Corumbá, está com tráfego lento. A transposição do rio por meio da ponte é parcial, e os veículos devem trafegar com velocidade limitada a 40 km/h, e para os veículos com mais de 3 eixos a uma distância mínima entre eles de 100 metros. Também está proibida o tráfego de caminhões carregados com minério de ferro. A ocorrência levou a Marinha do Brasil a interditar a navegação no local do acidente, impossibilitando assim a passagem de novos comboios de barcaças.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.