Mau tempo atrasa devolução de lixo à Inglaterra

Ondas de 3 metros e ventos de 70 km/h impediram navio de deixar porto gaúcho e chegar a Santos

03 Agosto 2009 | 10h38

O mau tempo atrasou a viagem do navio que fará o transporte dos contêineres de lixo importado da Inglaterra. O navio MSC Oriane deixaria o Porto de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, às 11h30 do domingo, 2, com destino a Santos, em São Paulo, e depois iria para Felixstowe, no Reino Unido. Ondas de mais de três metros de altura e ventos de 70 km/h prejudicaram o retorno da embarcação.

 

Veja também:

mais imagens Galeria de fotos

link Lixo tóxico deve voltar para a Inglaterra até terça-feira

link Juiz determina devolução de lixo à Inglaterra até terça

link Empresa que fornecia lixo para o Brasil 'já tinha sido multada quatro vezes', diz jornal

 

A partir de Santos, o navio deixaria o País na terça-feira ,4, ao meio-dia. Com o atraso, a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), que administra o Porto de Santos, estima que o carregamento deva chegar a Santos até quarta-feira, 5. Uma nova data para retorno à Inglaterra ainda não foi definida.

 

Fiscais do Ibama manipulam conteúdo de contêiner recheado de lixo, no Guarujá. Foto: JF Diório/AE 

Mais conteúdo sobre:
lixo Inglaterra Reino Unido Cidades porto

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.