Mecânico é acusado de matar ex-mulher e enteada em SP

Um mecânico, de prenome Ítalo, está sendo procurado pela polícia desde o início da madrugada desta sexta-feira, acusado de matar a ex-mulher e a enteada, dentro de residência delas, no Itaim Paulista, extremo leste da cidade de São Paulo. Segundo a polícia, o acusado segue foragido.Natalina Maria Oliveira, de 43 anos, e a filha dela, Tatiane de Oliveira Gomes, de 27 anos, ambas empregadas domésticas, foram mortas com tiros na cabeça na cozinha da casa. O crime, ocorrido à 0h45 desta madrugada, foi presenciado, segundo a polícia, por um menino de 7 anos, filho de Tatiane. Policiais militares, chamados por vizinhos que ouviram os disparos, contaram que o mecânico freqüentemente ia até a casa da ex-mulher para tentar uma reconciliação, o que sempre terminava em discussão. Desta vez, Ítalo foi armado com um revólver e teria cometido o crime.Policiais militares da 4ª Companhia do 29º Batalhão fizeram buscas na região mas não localizaram o acusado, que era muito pouco conhecido no bairro. Ainda segundo a PM, a jovem assassinada já tinha passagem pela polícia por seqüestro. O caso foi registrado no 50º Distrito Policial, do Itaim Paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.