Médica triatleta morre atropelada em rodovia mineira

Ao atravessar a rodovia, ela não viu o caminhão, que não conseguiu frear

Solange Spigliatti, estadão.com.br

07 Outubro 2011 | 10h27

SÃO PAULO - A médica e triatleta Beatriz Hollanda, de 57 anos, morreu atropelada por um caminhão na Rodovia BR-040, em Juiz de Fora, na região da Zona da Mata Mineira, na manhã desta quinta-feira.

O acidente aconteceu por volta das 10h30, na altura do km 780 da rodovia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a triatleta foi atravessar a rodovia e não percebeu o caminhão se aproximando. O veículo não conseguiu frear e atingiu a ciclista.

O motorista passou pelo teste do bafômetro, que não detectou presença de álcool no organismo. Segundo a PRF, a velocidade do caminhão não era excedente à permitida no trecho da via.

A triatleta costumava treinar pela rodovia, segundo a PRF. Beatriz Hollanda era oftalmologista e triatleta, acumulando vitórias em diversas competições nacionais e internacionais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.