Medicamento pode ter alerta de sonolência na caixa

A Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) e a Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia decidiram encaminhar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) uma proposta de legislação para que os medicamentos que interfiram na direção segura venham com um símbolo de alerta na caixa. Segundo o presidente da Abramet, Flavio Emir Adura, estudos internacionais estimam que de 27% a 31% dos acidentes de trânsito tenham sido provocados por distúrbios do sono. A sonolência é o principal efeito colateral dos medicamentos que interferem na direção. "Existe uma relação muito grande entre a ingestão de alguns medicamentos e a sonolência, e freqüentemente os motoristas não são alertados desse risco", disse ele. Ansiolíticos, antidepressivos, antipsicóticos e até alguns antialérgicos estão entre as principais classes de medicamentos que prejudicam a direção veicular segura.

Fabiana Cimieri, RIO, O Estadao de S.Paulo

17 Outubro 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.