Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Médico é preso acusado de estuprar pacientes durante plantões

O clínico geral José Carlos Roberto Martins, de 54 anos, atuava na Unidade de Pronto Atendimento de Iguaba Grande

Thaise Constancio, O Estado de S. Paulo

18 de março de 2014 | 17h01

RIO - O clínico geral José Carlos Roberto Martins, de 54 anos, foi preso na tarde desta terça-feira, 18, acusado de estuprar três pacientes nos plantões da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Iguaba Grande, na região dos lagos fluminenses. A primeira vítima a prestar queixa teria sido uma dona de casa de 25 anos, que foi violentada em 27 de dezembro de 2013, durante o atendimento. Ele também responde a dois inquéritos judiciais pelo mesmo crime, cometidos em 5 de janeiro, na UPA.

A delegada titular da 129ª Delegacia de Polícia (Iguaba Grande), Janaína Peregrino, ouviu vítimas, enfermeiras e atendentes da unidade durante as investigações. Ela espera que outras possíveis vítimas procurem a polícia depois da divulgação da prisão do médico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.