Medo toma conta de condomínio em Mauá

O medo e a incerteza do que vai acontecer daqui para frente tomou conta dos moradores que residem no Conjunto Habitacional Barão de Mauá, no Parque São Vicente, no município de Mauá, região do ABCD. Tudo por causa da denúncia de que o terreno onde foram construídos os prédios onde residem cerca de cinco mil pessoas era um depósito clandestino de lixo industrial. A manhã desta sexta-feira foi bastante conturbada na área. A proprietária de um imóvel no conjunto, Heloísa Maria da Silva, disse que ela e praticamente todos os demais moradores não conseguiram dormir preocupados com o problema. "Só ficamos pensando nas doenças e nos riscos à saúde que nós e nossos filhos estamos correndo aqui". Ela pagou o imóvel durante sete anos pagando o imóvel, enfrentando dificuldades e agora não sabe se terá de sair do local. Heloísa havia colocado o apartamento à venda, mas já se convenceu que, depois das denúncias, dificilmente conseguirá comercializar o imóvel e terá de arcar com sua desvalorização.Outro assunto bastante discutido entre os moradores foi a morte por câncer de dois moradores que coincidentemente residiam no andar térreo dos prédios que ficam nos fundos do terreno, o setor apontado como o mais afetado pela contaminação. De acordo com a moradora Heloísa, uma das vítimas era um homem de apenas 36 anos, forte e que acabou contraindo a doença que o levou à morte em pouco tempo. As crianças do condomínio também estão amedrontadas e não querem mais descer dos apartamentos para brincar. Segundo Heloísa, o secretário de Saúde de Mauá esteve ontem no local e prometeu ajuda aos moradores que, na verdade, estão se mostrando reticentes. Alguns funcionários da Prefeitura de Mauá estão dando uma espécie de plantão no condomínio para prestar auxílio aos condôminos. Apesar disso, os moradores estão planejando uma passeata até a sede da prefeitura, na segunda-feira, para pedir providências para o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.