Megablitz apreende cartuchos falsificados em SP

Centenas de cartuchos falsificados e contrabandeados de impressoras de computador foram apreendidos na tarde de hoje em uma megablitz realizada pelas secretarias estaduais da Segurança e da Fazenda contra cerca de quarenta estabelecimentos comerciais de São Paulo.A blitz mobiliza mais de 30 homens, divididos em dez equipes de policiais civis e fiscais da Fazenda. As equipes ainda percorrem estabelecimentos comerciais em vários bairros da capital.A secretaria da Segurança classificou a operação como "a maior do gênero já realizado no país". O delegado Fábio Pinheiro, da Segunda Delegacia Seccional Sul, no Brooklin, que comanda a operação, afirmou que ela é apenas o início de uma série de ações coordenadas, que visam reprimir o crescimento do mercado clandestino de cartuchos de impressoras.De acordo com Pinheiro, as empresas do setor estimam que três em cada dez cartuchos vendidos no Brasil são falsificados ou contrabandeados. "Uma quantidade considerável, num mercado que está na casa dos US$ 250 milhões por ano, algo como 10 milhões de cartuchos vendidos anualmente", quantificou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.