Megaoperação da PM prende 14 supostos integrantes do PCC em Peruíbe

Uma quadrilha com 14 supostos integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), foi presa na tarde deste domingo, 2, em Peruíbe, litoral sul de São Paulo, durante uma megaoperação da Polícia Militar. Todos foram surpreendidos em 12 bloqueios montados pelo Comando da Policiamento de Choque (CPChoq) da PM nas principais vias de acesso da cidade. A decisão de fazer a operação policial surgiu depois que o serviço de informações da PM obteve a confirmação de que a organização criminosa estava preparando uma reunião em uma chácara daquela cidade.No encontro, os bandidos iam discutir o planejamento de novos ataques contra a polícia e agentes penitenciários do Estado.De acordo com a Polícia Militar, a operação envolveu 230 homens da polícia, um helicóptero, 66 carros policiais e 22 motocicletas.Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, a quadrilha foi encaminhada para o Departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter-6), no Palácio da Polícia, em Santos. Com o grupo foram apreendidos dois carros, mas nenhuma arma foi encontrada. Os acusados, depois de autuados em flagrante sob a acusação de formação de quadrilha, devem ser conduzidos para Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, onde está a cúpula do PCC.Matéria ampliada às 17h23 de 02/07

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.