Mello espera disputa de alto nível no segundo turno

Ao anunciar no início da madrugada desta segunda-feira que haverá segundo turno na disputa presidencial, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, disse que como cidadão e eleitor gostaria de assistir a debates entre os dois candidatos.Marco Aurélio disse esperar uma disputa de alto nível, apesar da existência de ações para impugnar as candidaturas de ambos. No caso do candidato petista, Luiz Inácio Lula da Silva, há uma investigação para verificar se ele teve envolvimento com o episódio da venda do dossiê contra tucanos. Contra o candidato tucano, Geraldo Alckmin, foi protocolado no último sábado um pedido para que sejam apuradas uma série de supostas irregularidades, entre as quais, a suspeita de caixa dois. As ações somente devem ser analisadas pelo TSE no próximo ano.O presidente do TSE evitou falar sobre a eleição de políticos como Paulo Maluf, para a Câmara dos Deputados, e seu primo, o ex-presidente Fernando Collor de Mello, para o Senado. "Tivemos a manifestação dos eleitores. Essa manifestação deve ter a maior eficácia . Reconheçamos a vontade dos eleitores", afirmou.Mas Marco Aurélio manifestou-se sobre o retorno à Câmara de candidatos suspeitos de envolvimento em esquemas como mensalão e sanguessuga. "Como presidente do TSE eu tenho de reconhecer a realidade, o resultado das urnas. Como cidadão, posso me sentir um tanto decepcionado, frustrado", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.