Membros do PCC fogem da prisão pela porta da frente

Três presos fugiram pelo portão principal da Penitenciária Estadual Odon Maranhão, presídio de segurança máxima, em Iperó, a 130 quilômetros de São Paulo. Segundo a polícia, os fugitivos eram ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e trabalhavam na faxina do presídio. Os detentos teriam aproveitado a hora da limpeza para entrar no setor administrativo, onde arrombaram uma janela que dá para a área externa. Em seguida, embrenharam-se no mato.Conseguiram escapar Emílio Carlos da Silva, condenado por homicídio e roubo, Joel Antonio dos Santos, que cumpria pena por homicídio, e José Ricardo Miller, preso por roubo e latrocínio. A direção da penitenciária abriu sindicância para apurar as circunstâncias da fuga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.