Menina atacada por tubarão no RN pode perder a perna

A garota Ângela Carlos Cardoso, de 12 anos, foi atacada domingo por um tubarão na praia de Camapum em Macau, a mais de 150 quilômetros de Natal. Ela não corre risco de vida, mas pode perder a perna esquerda. O tubarão lixa que atacou a menina tinha cerca de 1,30 m de comprimento.Cirurgiões do hospital Clóvis Sarinho, em Natal, fizeram uma cirurgia de reconstituição da perna da menina. Caso se recupere, vai precisar de duas cirurgias plásticas.O corretor de imóveis, Claúdio Corlet dos Santos, de 33 anos, contou ter travado "um verdadeiro cabo-de-guerra com o tubarão" para salvar Ângela. O tubarão ficou aproximadamente 20 minutos na parte rasa da praia. Foi o primeiro ataque grave deste tipo no Rio Grande do Norte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.