Menina contaminada por chumbo morre vítima de pneumonia

A menina Tayara Pires Moreira, de 7 anos, uma das 273 crianças moradoras das proximidades do setor metalúrgico da Indústria de Acumuladores Ajax, em Bauru, a 335 quilômetros de São Paulo, morreu no sábado vítima de broncopneumonia. A família registrou boletim de ocorrência afirmando que o quadro foi agravado pela presença do chumbo no organismo dela. O boletim e o laudo do Instituto Médico Legal, que sairá em dez dias, serão incluídos no inquérito policial sobre responsabilidades no caso da contaminação ambiental.O problema dos moradores dos bairros Tangarás, José Regino e de chácaras próximas à unidade processadora de chumbo da empresa veio a público no final de janeiro, quando a Companhia de Tecnologia do Saneamento Básico do Estado (Cetesb) interditou aquela parte da indústria. E passou a exigir o cumprimento de 27 itens de proteção para autorizar sua reabertura.Exames de sangue feitos sob a coordenação da vigilância sanitária indicaram a contaminação das 273 crianças em um raio de mil metros da fonte poluidora. Uma equipe multidisciplinar foi montada e acompanha a desintoxicação em casos menos graves e o tratamento para os mais agudos. Foram encaminhadas para observação e tratamento as crianças com mais de 10 microgramas de chumbo por decilitro de sangue, índice previsto pela Organização Mundial de Saúde (OMS).A neuropediatra Niura Ribeiro Padula, da Faculdade de Medicina de Botucatu, que coordena o grupo de atendimento às crianças, disse que o chumbo no organismo não é a causa direta do óbito, pois a contaminação atinge os rins e a produção sangüínea. Mas o chumbo pode ter facilitado o agravamento do problema pulmonar, por reduzir a imunidade do paciente.As vigilâncias sanitárias do Estado e do Município iniciaram na semana passada o trabalho de recuperação da área. Equipes da prefeitura começaram a lavar as caixas d´água das casas e em seguida vão limpar os telhados e paredes, plantar grama e fazer calçadas nos terrenos e pavimentar as ruas da área afetada pelo chumbo. A limpeza dos imóveis é feita com recursos públicos, mas as obras de pavimentação dependem de verbas que os órgãos envolvidos com a questão pretendem obter dos governos estadual e federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.