Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Menina de 10 anos é estuprada, morta e tem coração arrancado

Caso aconteceu em Buenópolis, na região central de MG; suspeito é homem de 42 anos que fugiu de presídio de Montes Claros em 2012

Leonardo Augusto, Especial para o Estado

06 de junho de 2016 | 13h12

BELO HORIZONTE - A Polícia Civil e a Polícia Militar de Minas Gerais entram nesta segunda-feira, 6, no quarto dia de buscas a Jairo Lopes, de 42 anos, suspeito de estuprar, matar e arrancar o coração de uma menina de 10 anos em Buenópolis, na região central do Estado, a 270 quilômetros de Belo Horizonte. O criminoso é considerado foragido da Justiça.

Lopes responde pelos crimes de homicídio, estupro e roubo em Montes Claros, no norte do Estado. Ele escapou em fevereiro de 2012 do Presídio Alvorada, no município, segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds).

O criminoso estaria vivendo em Buenópolis, a 145 quilômetros de Montes Claros. A menina foi vista pela última vez na quinta-feira, 1º, quando ia à escola. Segundo a Polícia Civil, o corpo foi encontrado em uma estrada próximo à Fazenda Bom Jardim, zona rural do município, com sinais de violência física e sexual. Havia ainda perfuração no estômago e estava sem o coração.

O corpo passou por exames e teve material genético coletado e enviado ao Instituto de Criminalística em Belo Horizonte. A previsão é de que o laudo fique pronto em 30 dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.