Menina é atropelada dentro de casa

O motorista Leandro Teodoro da Silva, que atropelou e matou a menina Vanderléia Rodrigues Brito, de 7 anos, na tarde de sábado, dentro da casa dela, deve se apresentar ainda hoje à delegacia de Polícia de Icém, no interior de São Paulo. De acordo com o delegado Antônio Honório do Nascimento, Silva conduzia uma caminhonete quando, ao passar por uma valeta, perdeu o controle do veículo e invadiu a casa de Vanderléia.No momento, ela brincava com os irmãos Vanusa Rodrigues Brito, que sofreu ferimentos leves, e João Paulo Brito Porto, que saiu ileso. Vanderléia morreu no local. Seu corpo foi transladado domingo para a Bahia. A família estava a trabalho em Icém.No momento do acidente, Silva estava acompanhado do dono do veículo, Milton do Nascimento Solé. Eles não prestaram socorro, de acordo com o delegado, por medo de linchamento. Segundo testemunhas, o motorista estava alcoolizado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.