Menina e mãe mordidas por pitbull estão bem

A estudante Suelen Cristina da Silva, 9 anos, continua internada em observação no hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba, interior de São Paulo, um dia após ser mordida pelo cachorro da família, da raça pitbull, no quintal de casa, na Vila Industrial, em Piracicaba. A mãe, Sueli Aparecida da Silva, 42 anos, que também foi atacada pelo animal, já teve alta. Segundo informações dos funcionários do hospital, a menina está bem e poderá deixar o setor de pediatria no começo da semana.As vítimas tiveram ferimentos profundos. A menina recebeu mordidas nos braços e a mãe em partes dos braços, coxas, pernas e pés. O pitbull foi encaminhado ao canil municipal e está isolado de outros animais.O ataque ocorreu quando Sueli e Suelen iriam tratar do animal. Uma vizinho acionou o Corpo de Bombeiros após ouvir gritos e pedidos de socorro. Na casa existem ainda mais outros quatro cães: dois pitbulls e dois rotweilers.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.