Menina envenena pai e descreve crime no diário

O diário de uma adolescente baiana, que chegou até a polícia nesta terça-feira revelou o planejamento do assassinato do pai dela. A garota, de 11 anos, colocou um veneno de rato conhecido como "chumbinho" na comida do pai, o pedreiro desempregado Celso Cerqueira de Jesus.Por causa do veneno, ele está há quatro meses internado em coma no hospital Roberto Santos, de Salvador. O motivo da tentativa de assassinato foi o fato de o pai ser contra o namoro dela com Gildo Nascimento dos Santos, de 19 anos."Arrumei uma maneira de resolver o problema, acabar com a raça do meu pai", escreveu a garota, detalhando que iria colocar "chumbinho" na comida dele.O caso foi descoberto porque uma tia da adolescente folheou o caderno no fim de semana e surpreendeu-se com a revelação.Imediatamente, ela procurou a Delegacia do Menor Infrator e o Juizado de Menores, para contar a história.A adolescente e o namorado foram levados até o juiz Salomão Resedá e confirmaram a história. O rapaz admitiu ter dado R$ 3,00 para que a menina comprasse o veneno de rato, mas contou que não imaginava que o "chumbinho" seria usado para envenenar o pai dela.A adolescente ficará sob custódia do Juizado de Menores por algum tempo, onde receberá ajuda psicológica. O namorado dela foi levado para uma delegacia. Santos será indiciado num inquérito, que vai apurar se ele foi ou não cúmplice da garota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.