Menina holandesa morre arrastada por cavalo no Ceará

Dono do cavalo vai ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar

Carmen Pompeu, do Estadão,

25 de julho de 2007 | 22h46

Uma menina holandesa, de oito anos, morreu, nesta quarta-feira, 25, durante um passeio a cavalo na Praia do Cumbuco, litoral de Caucaia, município da região metropolitana de Fortaleza. A criança passava férias com a família na capital cearense.   De acordo com a polícia, ela e a irmã estavam no cavalo quando este se assustou e correu em disparada. A menina de dez anos conseguiu se soltar, mas a outra, a de oito anos, ficou pendurada na sela pelo pé, sendo arrastada por cerca de 500 metros pelo animal. Ela chegou a ser levada ainda com vida para o Instituto Dr. José Frota, no Centro de Fortaleza.   O dono do cavalo, cuja identidade não foi divulgada, está foragido. Ele vai responder a homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). Os passeios a cavalo são muitos comuns na Praia do Cumbuco, que fica no litoral leste do Ceará. Por ficar próximo a Fortaleza, a cerca de 20 quilômetros, é uma praia bastante freqüentada por turistas durante as férias. Os passeios a cavalo são ofertados por nativos da região e, geralmente, não passam por uma fiscalização adequada.

Tudo o que sabemos sobre:
menina arrastadaCeará

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.