Menina morre durante briga de trânsito em SP

A menina Tainá Alves de Mendona, de 5 anos, foi morta com um tiro na cabeça, durante uma briga de trânsito, em Pinheiros, zona oeste da capital paulista, na noite deste domingo. O advogado Marcos Versilíades Pereira também foi baleado, com dois tiros no peito, e está internado em estado grave no Hospital Panamericano.Perto da meia-noite, um Monza placas BRF 1806, de Mogi das Cruzes, esbarrou no parachoque do Astra azul, placas KMX 2644-SP, do advogado, que estava estacionado um quarteirão antes da Praça Silveira Santos, em Pinheiros. Como o Monza não parou, o advogado resolveu perseguir o veículo.No mesmo local, Fábio Valente de Mendona e sua sobrinha, Tainá, conversavam do lado de fora do carro do rapaz, um Kadett placas CHH 6325-SP, e presenciaram a cena. O tio colocou a sobrinha no carro e saiu em disparada atrás do Monza na tentativa de ajudar o advogado. Na Praça Silveira Santos, com a Avenida Antonio Batuira, o Monza foi cercado pelo Kadett de Fábio e pelo Astra do advogado.De dentro do Monza, saíram dois homens, uma mulher e uma criança. Um dos homens, armado possivelmente com uma pistola, começou a atirar e acertou dois tiros contra o peito do advogado. Mesmo sendo avisado por Fábio que havia uma criança dentro do Kadett, o rapaz armado atirou contra o veículo e atingiu a menina na cabeça, que morreu no local.Todos os ocupantes do Monza fugiram a pé e abandonaram o carro no local. Segundo a delegada Graciele da Silva, do 14º Distrito Policial, de Pinheiros, a dona do Monza teria vendido o veículo para uma agência de carros usados em Mogi das Cruzes. O carro foi revendido e, através do nome do comprador, a polícia acredita que conseguirá prender o assassino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.