Menino de 10 anos morre ao fazer roleta-russa em Minas Gerais

Criança de 8 anos teria disparado contra cabeça de vítima, que estava com outros dois adolescentes

Solange Spigliatti e Marcelo Portela, estadão.com.br

15 Agosto 2011 | 13h09

SÃO PAULO - Um garoto de 10 anos morreu no fim da noite de domingo, 14, ao ser baleado no rosto ao fazer "roleta-russa" com outros dois adolescentes e uma criança de 8 anos, no bairro de Novo Horizonte, em Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A arma, segundo os menores, pertence a Pablo Flávio de Souza, de 18 anos, que fugiu do local e é procurado pela polícia.

 

Dois adolescentes foram vistos manuseando uma arma de fogo, supostamente calibre 38, na Alameda Pedra Azul. Segundo uma testemunha, horas após, foi ouvido um estampido no local. A testemunha foi verificar e encontrou o menor de 10 anos atingido no chão.

 

Dois adolescentes, de 14 e 15 anos, foram apreendidos pelos policiais. Eles contaram que faziam o jogo em que se revezam disparando a arma cada vez apontada para a cabeça de um deles com a vítima e outra criança de 8 anos. O garoto mais novo não conseguiu acionar o gatilho e foi ajudado por um dos adolescentes.

O revólver disparou apontado para o rosto de Cléverson.

 

O menor foi socorrido por um morador da comunidade para o Hospital Risoleta Neves e posteriormente para pronto-socorro João XXIII, na capital mineira, em estado grave com lesão e perda encefálica, mas não resistiu aos ferimentos.

 

A ocorrência foi registrada na 1ª Delegacia de Plantão da Seccional de Vespasiano.

 

Atualizado às 19h

Mais conteúdo sobre:
morte menino roleta-russa MG Vespasiano arma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.