Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Menino de 12 anos esfaqueia pescoço de colega em escola de SP

Agressor se queixava de bullying; promotoria decidirá nesta 6º se adolescente será encaminhado para Fundação Casa

Sara Abdo, O Estado de S.Paulo

02 Março 2018 | 01h43
Atualizado 02 Março 2018 | 12h45

Um estudante de 12 anos agrediu um colega de sala nas dependências de uma escola em Tautí, interior de São Paulo, na manhã desta quinta-feira, 1º. A vítima, da mesma faixa etária, não corre risco de morte. A Promotoria decidirá nesta sexta, 2, qual será o encaminhamento do caso.

+++ Menino de 10 anos morre baleado no Morro do Cantagalo, no Rio

Segundo informou a polícia de Tatuí, na região metropolitana de Sorocaba, agressor e vítima são alunos da Escola Estadual Lienette Avalone Ribeiro, de ensino fundamental e médio. O motivo teria sido o bullying feito por pelo menos 15 colegas. Ao que tudo indica a ação foi premeditada, já que o agressor levou a faca na mochila. 

A vítima foi socorrida e recebeu dois pontos na área machucada. Ele não corre risco de morte. 

+++ País só deve dominar Leitura em 260 anos

Ao Estado, a polícia relatou que o estudante passou mal quando viu os ferimentos que ele provocou no colega. "Quando foi detido ele já estava inconsciente". O garoto, que não teve a identidade revelada, passou o dia na prisão e nesta sexta, 2, será apresentado à Promotoria, que decidirá pela liberação ou encaminhamento para a Fundação Casa.

O delegado registrou o caso como ato infracional consistente em homicídio.

Mande sua notícia - Quais problemas você enfrenta no trânsito e no caminho para o trabalho? O metrô parou? Viu uma manifestação na cidade? Presenciou um acidente ou algo inusitado? Fotografou ou filmou um fato e quer compartilhar? Os usuários de WhatsApp podem agora usar o aplicativo para colaborar com o Estado. Envie vídeos, fotos ou apenas o seu relato ou ideia de pauta pelo número (11) 9-7069-8639. Suas sugestões serão apuradas por um repórter e podem ajudar as pessoas. Participe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.