Menino de 9 anos levava pistola 380 para escola em Campinas

Uma pistola calibre 380 foi encontrada nesta quinta-feira de manhã com um garoto de 9 anos na escola municipal Violeta Dória Lins, no bairro Vila Rica, em Campinas. A Guarda Municipal recebeu uma denúncia anônima e localizou o menino com a arma. Ele disse que a encontrou na rua e levou para a escola para mostrar aos amigos. O garoto, estudante da segunda série do ensino fundamental, foi levadoao Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente de Campinas. O Conselho e a Vara da Infância decidiram encaminhá-lo a um abrigo do município até que seja concluído um estudo psico-social de sua família. Segundo a conselheira Sandra Olivetti Marttiello, a madrasta doestudante ficou sabendo que ele tinha sido flagrado com a arma e sedirigiu até o Conselho. Ela contou que não sabia onde o garoto poderiater conseguido a pistola. O pai e a mãe do menino não haviam sidolocalizados até o final da tarde. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.Segundo Sandra, o garoto deverá ser transferido para outra escola paraque as investigações sejam concluídas, em conjunto pela PolíciaMilitar, que irá averiguar inclusive a origem da arma, técnicos da Varada Infância e do abrigo. A decisão de encaminhar o aluno ao abrigo foitomada, segundo a conselheira, como medida de proteção para garantirsua integridade física e psicológica. ?Ele estava muito assustado, o que é natural?, comentou Sandra.Segundo ela, não há prazo para a conclusão das investigações e dasanálises psico-sociais. Mas o objetivo é que a criança volte para juntoda família o mais rapidamente possível. A conselheira informou que ospais podem procurar a Vara da Infância para obter informações sobre ocaso.

Agencia Estado,

07 de novembro de 2002 | 18h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.