Menino de cinco anos morre atingido por bala perdida no Rio

O menino Eduardo dos Santos Martins Queiroz, de cinco anos, levou um tiro na barrriga e morreu ontem. Ele passeava com o avô, Isaías Alves dos Santos, de 55 anos, numa feira na Avenida Dom Hélder Câmara, um dos acessos para a favela do Jacarezinho, zona norte do Rio. Santos também foi baleado na perna e passa bem.A polícia ainda não sabe de onde vieram os disparos. Nenhuma ocorrência de assalto foi registrada na região. Há suspeitas de que tenha acontecido um confronto entre traficantes de grupos rivais que disputavam o comércio de drogas no Jacarezinho quando o menino e o avô foram feridos. Testemunhas contaram que ficaram apavoradas: não sabiam para onde correr porque não conseguiam identificar de onde vinham os tiros.Também ontem, outra bala perdida deixou um menino de oito anos ferido. Roberto Cabral Filho foi atingido na perna durante um tiroteio entre soldados do 6º Batalhão da Polícia Militar e supostos traficantes no Morro da Formiga. Ele foi levado por parentes para o Hospital do Andaraí e passa bem. A polícia realizava uma operação na favela quando foi recebida a tiros. As cápsulas de bala deflagradas foram recolhidas para a perícia determinar de onde partiu o tiro que atingiu o garoto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.