Menino que sobreviveu ao acidente aéreo líbio volta para casa

O único sobrevivente do acidente aéreo de um avião líbio, um menino de nove anos, voltou neste sábado à Holanda após receber a notícia de que seus pais e seu irmão de 11 anos estavam entre as 103 vítimas falecidas no desastre.

REUTERS

15 de maio de 2010 | 12h13

Ruben Van Assouw, da cidade de Tilburgo, no Sul do país, chegou ao aeroporto de Eindhoven a bordo de um avião-ambulância e estava acompanhado por um casal de tios e um médico.

"Sua situação é boa agora. Ele está falando e progredindo muito bem", afirmou o médico Sadig Bendala, chefe dos médicos que trataram o garoto de várias fraturas ósseas.

O Airbus A330-200 caiu quando saia de Johannesburgo à capital líbia.

Van Assouw voltava com a família de um safári na África. Setenta holandeses morreram no acidente.

Tudo o que sabemos sobre:
ACIDENTEAEREO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.