Menino vítima de bala perdida é enterrado

Cerca de 200 pessoas acompanharam o enterro do estudante Ugo Ronca Cavalcanti, de 12 anos, na tarde de ontem, no Cemitério Parque da Colina, em Niterói, na Grande Rio. O menino foi atingido por uma bala perdida no dia 1º, quando jogava futebol no Clube Federal, no Alto Leblon, bairro de classe média alta da zona sul do Rio. Ele morreu na noite de sábado. A polícia ainda não esclareceu o caso. De janeiro a junho, 170 pessoas foram vítimas de balas perdidas na cidade - 45% a mais do que em 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.