Menor acusado de matar PM durante onda de ataques é preso

A polícia prendeu na noite deste domingo, 28, um jovem de 17 anos acusado de matar, no último dia 15, o policial militar David de Oliveira durante a onda de ataques em São Paulo. David estava de folga e trabalhava como segurança num supermercado quando foi assassinado.Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Segurança Pública, o menor foi detido, por volta das 21 horas, com outros dois rapazes em frente a um conjunto de prédios na Rua Goiti, em Cidade A. E. Carvalho, zona leste da capital paulista. Os três escutavam música em um Fiat Pálio que teria sido usado em outros casos.O PM que testemunhou a execução do colega foi chamado à delegacia e reconheceu o adolescente como sendo o autor do crime. O rapaz, que tem passagem pela Febem por roubo, foi recolhido ao SOS Criança. Os outros dois suspeitos foram liberados. A ocorrência foi registrada no 64º. Distrito Policial de Cidade A. E. Carvalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.