Menor atingido por tiro no abdômen está na UTI

Dos dois menores feridos a tiros durante a briga ocorrida terça-feira em frente à Escola Estadual "Profº José Ferraz Sampaio Penteado, na periferia de Limeira, apenas A.V.F., de 17 anos, continuava internado hoje na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Santa Casa de Misericórdia. A direção do hospital informou que o paciente passou por uma cirurgia e que o estado dele é delicado. A.V.F. não tinha nenhum envolvimento com a confusão e se encontrava nas imediações da escola quando chegou a ser atingido por um tiro no abdômen. O menor W.C.P., de 14, baleado no braço, já foi liberado.O corpo do estudante Deison Ricardo da Cruz, de 13 anos, que morreu na Santa Casa deMisericórdia em decorrência da bala perdida que recebeu na cabeça, foi enterrado nocomeço da tarde de hoje no Cemitério Municipal de Limeira. A necropsia apontouque o tiro atingiu a testa, atravessou o cérebro e se alojou na nuca do garoto. Ele também não tinha nada a ver com o caso e foi alvejado quando ainda se encontravana escola, sentado próximo ao portão, comendo uma das bananas que os funcionáriosestavam distribuindo aos alunos na saída. A distribuição da fruta estava ocorrendoporque, com a morte do governador Mário Covas, as aulas foram temporariamentesuspensas e essa merenda poderia ficar estragada.A confusão começou quando W.C.P. procurou o estudante R.E.S. para tirar satisfações.De acordo com a versão apurada pela Polícia, o motivo seria um namoro ocorrido entrea irmã de W.C.P. e o referido aluno. Este jovem, que estava armado, acaboudesferindo uma coronhada na cabeça do menor V.S., de 16 anos, que estava acompanhadode W.C.P. e tentava apartar a briga.A polícia vai apurar a autoria dos tiros, que ocorreram em seguida. De acordo com odelegado Mamede Jorge Rime, possivelmente eles tenham sido disparados tanto porM.N.O. quanto por T.E.S, outros dois adolescentes envolvidos com a barbaridade. Este último é irmão de R.E.S.. Os três fugiram e hoje o paradeiro deles ainda eradesconhecido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.