Menor faz refém com arma de brinquedo

A família do empresário Ginno Giovannini, de 83 anos, de Jundiaí,a 60 quilômetros de São Paulo que já foi vítima de seqüestro no ano passado, ficou refém de dois ladrões na manhã desta quarta-feira, durante assalto em sua fazenda, na região da Serra do Japi.O caseiro, José Marcondes, permaneceu 40 minutos com uma arma de brinquedo na cabeça, sob ameaça de morte feita pelo menor T. P., de 17 anos. Graças ao sistema de monitoramento de uma empresa de segurança, a polícia foi acionada.O menor, que segurava a arma de brinquedo, acabou se entregando. Claudemir Sovarcina, de 27 anos, fugiu. Acabou, porém, sendo parado em uma blitz da Guarda Municipal, no bairro Morada das Vinhas. Ao fugir da casa do empresário, Sovarcina só conseguiu levar dois celulares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.